Duda Castro conta sobre surtos de Biel contra ela e revela que uma foi ter parceria com Madison Beer cancelada, confira!

Biel e Duda (Reprodução/Internet)

Neste domingo (06 de maio) a história de Biel e Duda Castro ganhou mais um capitulo e desta vez a fonte não é Leo Dias, mas sim o jornal Extra, que esteve no apartamento de Duda na última quinta-feira (03/05) para fazer uma entrevista com ela, sobre o caso de agressão. 

Para quem não está a par da história, Duda e Biel são casados e moram nos Estados Unidos, mas agora no mês de abril um escândalo envolvendo os dois caiu na mídia. Duda e Biel brigaram e ela jogou um copo de vidro nele, Duda foi presa, Biel disse que Duda estava inconformada com o fim do relacionamento e por isso surtou. Já a modelo de 26 anos de idade, disse que já sofreu inúmeras agressões fisícas e verbais do cantor, agora ela está sendo julgada pela Corte Americana. 

Duda disse que Biel só não foi preso, porque ele ligou primeiro para a polícia e que tudo isso foi um plano do funkeiro para ferrar ela. A moça contou ainda que Biel maltratou os gatos dela (felinos) e que o objetivo dele ao casar com ela era ganhar o Green Card (documento que permite ao cantor morar nos Estados Unidos definitivamente).

Vamos as novidades publicadas no Jornal Extra

“Só agora consegui entender que eu estava vivendo um relacionamento abusivo. Biel é uma pessoa completamente perturbada”, disse Duda ao Jornal. 

Duda está sendo defendida pelo escritório de Eisner Gorin (mesmo advogado de Michael Jackson) e no dia 30 de maio ela apresentará apresentará à corte americana sua defesa, no formato de um dossiê de mais de 400 páginas, incluindo fotos e vídeos das agressões, ela conta que seu conto de fadas, acompanhado pelo séquito de seguidores nas redes sociais, não passou apenas de um plano friamente calculado por Biel para conseguir se legalizar nos EUA.

Segue agora uma sequencia de relatos de Duda feios ao jornal:

O Primeiro Surto

“O primeiro surto foi no aniversário dele (20 de março de 2017), dia em que o pai estabeleceu como seu retorno à mídia. Lembro que ele não se divertiu, não teve sossego, estava ali para tirar fotos e dar entrevistas. No final, saiu bebendo tudo que era copo de cachaça, uísque, ficou bêbado ao nível extremo. Nisso chegou um menino do nada, e foi cumprimentar Gabriel no rosto, e acabou dando um selinho nele. E já tinha aqueles boatos de que ele era gay e eu sabia que esses boatos incomodavam ele. Até que eu me recusei a participar de uma foto em grupo, e ele foi atrás de mim e começou a gritar muito. Ele pegou um quadro que estava no banheiro e atirou na parede com toda força. O segurança entrou e perguntou se estava tudo bem e eu fiquei em estado de choque. No final da festa, eu estava numa rodinha com um grupo e brindei com um menino, como amigo. Foi aí que Gabriel atirou uma garrafa de uísque na roda. Todo mundo viu. Depois disso, a assessoria colocou a gente dentro do Uber e voltamos pro hotel. Depois, Gabriel me largou lá e saiu no Porcshe dele”.

Parceria cancelada com Madison Beer neste ano

“Durante outra discussão, ele jogou um criado mudo e amassou a parede do hotel em que estávamos hospedados em Nova York. Gabriel estava chateado porque dias antes vazaram fotos dele saindo de uma reunião num hotel com a Madison Beer, com quem ele havia gravado um feat. A partir daí, o Brasil caiu em cima dizendo que ela era louca de gravar com ele e os produtores daqui cancelaram a música. Ele ficou revoltado. No dia seguinte, no Dia dos Namorados daqui, ele queria fumar maconha dentro do quarto e o segurança bateu na porta. ‘Você tem noção com quem está falando?’, ele gritava. Quase todo mundo foi preso naquele dia”.

Green Card

“Numa briga que tivemos, comecei a gritar e ele chamou a polícia. Quando o policial chegou, ele disse: ‘Quero essa mulher fora da minha casa. Só casei com ela pelo Green Card’. E o policial respondeu que se ele continuasse a falar aquilo seria deportado”.

Cirurgia

“Acordei roxa depois da última briga. Não lembro nada que aconteceu. Quando acordei na prisão, comecei a sentir uma dor muito forte nas costas. Depois, quando fui ao médico, ele questionou se eu havia levado alguma porrada. Com o trauma, se criou uma cápsula em volta do silicone, que estourou. Não posso operar agora porque estou muito magra, abaixo do peso“.