Study Breaks fala sobre o que BTS conseguiu fazer criando uma fã-base multilingue

BTS (Reprodução/Internet)

O BTS é com certeza um grande grupo de k-pop, dito por muitos como o maior da atualidade, o grupo é tão relevante não só pelo sucesso no mundo da música, mas também pelos grandes feitos nas mídias sociais, os fãs do grupo se chama “Armys” e eles fazem muito baralho.

É notório que eles são uma potência na internet e por conta disso nesta sexta-feira (11 de maio) eles ganharam uma matéria na revista americana Study Breaks, que foi criada em 1988 e é administrada pelo Collegiate Entrepreneurs Organization.

A matéria fala que o BTS “estimulou o crescimento de uma base de fãs multilíngues como nunca se tinha visto antes”, e de fato isso é uma verdade,  facilmente pode se perceber nas votações da BreakTudo Awards 2017 (premiação que o BTS recebeu indicações) a interação de internautas da Coreia, Turquia, Espanha, Alemanha, Estados Undios, França e Brasil. Ou seja, toda a fã base está conectada, não importa a língua que se fala.

No final da matéria o site destaca que no futuro outros artistas talvez consigam seguir para o mainstream americano, assim como fez o BTS.  Antes disso ela lembra que o grande boom do grupo veio depois de ser indicado ao Billboard Music Awards 2017.