Tudo Information

Priscilla Pugliese prestigia Natalie Smith em lançamento de livro

Tendo trabalhado juntas em três grandes projetos, a atriz Priscilla Pugliese não hesitou em marcar presença em um momento tão especial para a sua parceria de trabalho Natalie Smith. O primeiro capítulo do livro Luna “Eu tinha apenas 13 anos”, escrito pela atriz Natalie Smith foi lançado no último dia 27, com direito a um evento com a presença de fãs e convidados.

Tendo como narrativa a fusão da autobiografia da autora com fatos fictícios, o romance aborda o tema da descoberta do amor no mundo LGBT, sendo retratado da forma mais pura e natural.

A atriz Priscilla Pugliese afirma que tentou ir de surpresa, mas que talvez não tenha sido de fato uma surpresa inesperada. “Natalie me mandava mensagem o dia todo perguntando se eu já estava em São Paulo, e eu já tinha armado tudo, fiz vídeo do Pancho, meu cachorro, um dia antes para mandar para ela, alguns vídeos no Rio para postar fingindo que eu estava lá! Minha segunda parte do plano foi comprar uns girassóis com um cartão, desejando coisas boas e lamentando por eu não estar lá, para antes do evento ela ver e finalmente cair a ficha de que eu não ia, mas adivinhem? As flores não foram entreguem e lá estava eu e meu amigo, com ele segurando os girassóis, detalhe que o motorista tinha errado o caminho pela segunda vez, deixando a gente atrasados, então pedi para ele parar que eu iria sozinha. Pegamos as flores e fomos para o andar do evento e tcharam, ela estava linda, e eu não consegui fazer nada além de abraçá-la. Ela não parecia surpresa, acho que ela já esperava de me ver ali, haha”, conta a atriz.

Priscilla ainda completa sobre o evento e a obra. “Achei muito fofo ver o apoio dos fãs, ver o quanto ela estava animada, vê-la iniciando mais um sonho, minha admiração por essa mulher cresce cada dia mais! Fiquei muito curiosa para ler o livro, não vejo a hora! Natalie como sempre brincalhona e tentando esconder as lágrimas, mas eu sabia toda a sensação que se passava ali quando ela me olhava”, pondera.

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.