Tudo Information
Silvio Pompeu: o expert do mundo fashion considerado o mestre das passarelas no Brasil

Silvio Pompeu: o expert do mundo fashion considerado o mestre das passarelas no Brasil

Paulistano do bairro de Pirituba, na Zona Oeste de São Paulo, Silvio Pompeu iniciou a carreira como modelo em 1993, aos 13 anos. Hoje, aos 38, é proprietário da SP Fashion School, escola que capacita modelos para o mercado fashion e publicitário. Os retornos após o sucesso de seu trabalho, com modelos alocados em eventos como a Semana de Moda de SP e até passarelas internacionais.
Silvio é responsável pelo curso de passarela mais requisitado pelos “New Faces” (aspirantes a modelo) em razão das técnicas que desenvolve e aplica durante os Workshops, eventos que são construídos de acordo com sua experiência na profissão. “Busco a inovação. A ideia de permanecer sempre a frente, compartilhar as novidades, me atraem. Viajo sempre para me aperfeiçoar, assisto muitos desfiles e retorno com novas técnicas de Salto Alto, corporais etc.” diz Silvio. Apostando na vivência do modelo na prática do mercado, o atual professor de passarela aposta em cursos “expressos”, onde alguns modelos já desfilam em 4 horas. Tudo isso respeitando as particularidades de cada modelo.
“Sempre que algum aluno realiza um trabalho de grande notoriedade ou viaja para outro país para desfilar, fico muito orgulhoso e posto tudo nas redes sociais. É motivador saber que estou no caminho certo!” acrescenta Pompeu. MISS E MISTER BRASIL:
Com um considerável número de alunas em disputa nos principais concursos de Miss no Brasil, Silvio foi convidado para a composição da mesa diretora nacional do Miss e Mister Brasil, concurso oficial de beleza que é certificado pelo Sindicato Nacional Pró-Beleza. Na entidade, é responsável pela preparação dos candidatos de todo o país. IFB – INTERNATIONAL FASHION BRAZIL:
O INTERNATIONAL FASHION BRAZIL (IFB) criado e dirigido por ele, é o maior desfile que revela novos talentos para o mercado fashion nacional. Todos os alunos que se destacam sem seus cursos, recebem uma oportunidade para desfilar no IFB, que teve sua última edição no dia 03 de agosto em parceria com a Faculdade de Moda da Universidade Anhanguera, em São Paulo. No evento o produtor também oferece oportunidades a novos estilistas apresentarem suas criações. São mais de 80 novos profissionais recém-formados que são convidados a exibirem as coleções. Adepto as diversas formas de inclusão nas passarelas, Pompeu ministra cursos para perfis Plus Size, Andrógeno e Transgênero. “entendo que a moda deve ser para todos que a consomem. Se um consumidor Plus Size pode comprar peças, ele também pode desfilar” CERTIFICAÇÃO: Recentemente o Sindicato Nacional Pró-Beleza concedeu ao produtor o reconhecimento do seu curso. Todos os certificados expedidos por Silvio são validados pelo Sindicato e recebem validação nacional. PÚBLICO INFANTIL: Em outro mercado segmentado, o de modelos kids, o produtor realiza trabalhos consolidados com o público infantil, os chamados “Models Kid’s. Em seu currículo estão crianças que estrelam campanhas publicitárias, filmes e novelas.
Você pode conhecer mais sobre Silvio Pompeu em sua página no Instagram: @silviopompeu

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.