Tudo Information

Aluno de medicina se destaca no exterior como produtor de eventos na Tríplice Fronteira

Guilherme Gonçalves largou sua vida no Brasil para estudar fora do pais. Aluno de Medicina no Paraguai, produzir eventos na tríplice fronteira, Paraguai, Argentina e Brasil. Fundou uma produtora de eventos chamada NG produção, gerando assim empregos aos alunos de medicina, com intuito de unir as festas isoladas realizada pelas atléticas de cada faculdade, uma espécie de organização de cada faculdade que tenham objetivos em comum, e afim promovendo cultura e esporte. Usou toda técnicas e estratégias de Produtor de eventos juntamente com a empresa de marketing para desenvolver o papel de produção de conteúdo e técnicas áudio e visual para seus eventos.

Guilherme juntamente com sua notabilidade nas redes sociais e todo marketing por tras, atribuem para que seus eventos universitários repercutem milhares de pessoas. Seu público alvo é universitário que vão estudar no Paraguai devido ao baixo valor do curso de medicina. Guilherme foi uns dos primeiros a levar entretenimento para o Paraguai na Ciudad Del Este no seguimento eventos universitários, cujo qual era vista como uma cidade perigosa pelos brasileiros, provando o bem-estar a junção do público paraguaio com os brasileiros.

Seus eventos temáticos e tradicionais no ano são, Carnamed, Portomed, Whitemed, Medfantasy. As festas são realizadas com atrações de Djs paraguaios, argentinos e brasileiros, entre outros estilos musicais cantores sertanejos, reggaeton, bandas de axé e funk, os locais das festas são lindos e bem conhecidos entre eles Porto Náutico, no rio Paraná e locais como o terraço do maior shopping da fronteira, o shopping Paris.

A Produtora (NG produções) e sua empresa Digital Marketing, conta com uma equipe de aproximadamente de 200 pessoas entre elas blogueiras, apresentador de Tv, modelos, digitais influencer, alunos e determinadas faculdades da região, todos tendo em mente a ideia elaborada para todas as festas realizadas que é a união de várias culturas diferentes e a realização de projetos sociais.  Guilherme atua em ações sociais com o projeto “Não jogue lixo na rua”.

Foto: Divulgação

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.