Tudo Information

Rafael Lasalvia palestra sobre a vida de influencer para estudantes em São Paulo

Longe dos holofotes e glamour das pessoas que romantizam a profissão de influenciador digital, o profissional desta área precisa assim como tantos outros trabalhadores ter consciência da importância de suas atividades, foco e atualização constante.

Rafael Lasalvia trabalha como influenciador digital focado em life style e gastronomia e está sempre atento aos avanços e cuidados com a sua profissão. O paulistano está em um crescente número de seguidores, engajamento e trabalhos para grandes marcas que buscam no “influencer” uma maneira eficaz e moderno de atingir seus públicos-alvo.

No início desta semana, Lasalvia foi convidado pelo Colégio Discere Laboratum para palestrar sobre “Criação de Conteúdo e Influência Digital” para estudantes que estão na fase de buscar rumos profissionais para um futuro próximo.

“Fiquei lisonjeado pelo convite. Foi um bate-papo divertido e os estudantes me fizeram perguntas bem pertinentes e muitos queriam tirar dúvidas sobre likes e sobre lugares bons para comer, já que é o meu nicho nas redes sociais”, revelou Rafael Lasalvia.

Para duas turmas com 50 alunos aproximadamente, Lasalvia ainda detalhou os caminhos financeiros e valores que um influenciador pode ganhar por seu trabalho.

Luca Moreira

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista.